A reitoria da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) avalia um projeto para ocupação de um dos prédios do Colégio Técnico (Cotuca), na região central, onde funcionavam as oficinas e laboratórios. A área de 810 metros quadrados é uma das mais preservadas, e de acordo com o projeto, deverá receber um novo polo do Museu Exploratório de Ciências. Já o edifício principal passará por reformas estruturais. Não foram divulgadas informações sobre orçamento ou prazos. A reitoria apenas confirma que o projeto está em fase final de aprovação.

O prédio histórico está em estado de abandono desde a sua interdição por problemas estruturais no telhado, em 2014. A reocupação do prédio é uma demanda da população de Campinas, especialmente de moradores e comerciantes do entorno. O projeto prevê a criação de um novo acesso pelos fundos do lote, voltado para a Avenida João Penido Burnier, que é uma via principal, mas que atualmente está deteriorada e é apontada como um local perigoso da cidade. O muro alto existente deverá ser trocado por um gradil com jardim e uma Praça de Ciências aberta ao público, o que deverá ajudar a renovar a região. Além disso, o projeto dará uma nova destinação a um edifício de valor histórico, contribuindo para o processo de revitalização do Centro de Campinas.


Cliquei aqui para acessar a matéria completa no site do Correio Popular!




Voltar