A NanoAventura é a primeira exposição organizada pelo Museu Exploratório de Ciências – Unicamp, desenvolvida em 2005, com a proposta de criar uma exposição interativa que pudesse atrair o interesse do público infantil e adolescente (9-14 anos) para a nanociência e a nanotecnologia, gerando um espaço de aprendizado e divertimento.
Um apresentador conduz o roteiro, de uma hora de duração, composto por vídeos e jogos eletrônicos para um grupo de até 48 participantes. Um vídeo introduz a noção de escala, apresenta os fundamentos da nanociência e da nanotecnologia e mostra o desenvolvimento dessas áreas no Brasil. Na etapa seguinte, a turma é dividida em quatro grupos que transitam pelas estações dos jogos. O encerramento da experiência acontece novamente em forma coletiva com a apresentação de um vídeo 3D que recupera visualmente algumas das idéias previamente apresentadas.
A Nanoaventura foi reconhecida como Melhor Programa de Divulgação Científica pela Rede de Popularização da Ciência e da Tecnologia da América Latina e do Caribe, Redpop .